Uber anuncia investimento de US$ 20 milhões em novo centro no Egito

Por Redação | 10 de Outubro de 2017 às 16h50

Apesar dos problemas econômicos causados pelas reformas recentes no Egito, a Uber se comprometeu com o país, anunciando um investimento de US$ 20 milhões em seu novo centro de apoio, que foi instalado no Cairo.

A moeda egípcia perdeu metade de seu valor, e os preços dos combustíveis no país já subiram cerca de 50% desde o início das reformas exigidas pelo Fundo Monetário Internacional, em troca de um empréstimo de US$ 12 bi para que o país consiga revitalizar sua economia.

"Essas reformas não alteram de forma alguma o compromisso de Uber com o Egito. Estamos aqui para ficar e continuaremos a investir para poder servir os cidadãos aqui", declarou o chefe da Europa, Oriente Médio e África, Pierre-Dimitri Gore-Coty. "Essas reformas criaram uma série de desafios, muito claramente, e em particular para os motoristas... o custo de dirigir um carro e gerir um negócio aumentou muito", completou.

Para fornecer aos motoristas egípcios veículos acessíveis e manter o preço das corridas, a Uber precisou fazer negócios com concessionárias de automóveis locais. O centro de apoio da Uber no Cairo foi inaugurado nesta terça (10) e o investimento milionário será empregado durante os próximos cinco anos para melhorar o serviço da companhia em toda a região.

No ano passado, a Uber já tinha 2 milhões de usuários e 60 mil motoristas em sua base. Agora, a companhia pretende negociar com o governo para lançar um serviço nacional de ônibus para reduzir o congestionamento do tráfego no país.

Fonte: Reuters

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.