Google Compute Engine agora conta com até 96 núcleos e 624 GB de RAM

Por Redação | 06 de Outubro de 2017 às 12h30

A Google acaba de anunciar que o Compute Engine, serviço computacional em nuvem, recebeu uma melhoria significativa, passsando a oferecer opções com até 96 núcleos e 624 GB de RAM.

Por mais que toda essa potência pareça interessante para rodar os seus games favoritos em 4K e nas configurações mais altas possíveis, o serviço atende, de modo geral, à demanda de empresas que precisam alugar máquinas para realizar tarefas específicas de renderização, cálculos e análise de dados que exijam poder de processamento extremo.

Para garantir a qualidade do serviço, a Google alega que passou a adotar processadores da linha Intel Xeon Scalable, também conhecida como Skylake, garantindo poder de fogo necessário para tarefas mais pesadas, com aumento significativo 20% no desempenho e o dobro de largura de banda de memória em relação à geração de CPUs Xeon 1.

Embora a possibilidade de contratar um conjunto de computadores com 96 núcleos e 624 GB de RAM seja atrante, vale lembrar que tais números podem ser ajustados de acordo com as necessidades de cada cliente, impactando diretamente no valor final do serviço. Além disso, as empresas também podem optar por diferentes modelos de CPUs. Confira o exemplo abaixo:

Ajuste de capacidades computacionais no Google Compute Engine

A gigante das buscas também informou que o conjunto de máquinas virtuais ja pode ser contratado em fase beta em todas as regiões de abrangência do serviço Google Cloud Platform (GPC).

Fonte: TechCrunch, Google Blog

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.